segunda-feira, 9 de Maio de 2011

Queima das fitas (conselhos da Univeridade de Évora)

Um dos períodos mais marcantes para um aluno universitário é a semana da Queima das Fitas. Esta grande festa anual toma maiores proporções quando chega o ano da sua Queima das Fitas. O dia da Queima das Fitas é o dia maior do calendário académico sendo nesse dia que, simbolicamente, será cortada a ligação umbilical do estudante finalista à Universidade e ao ardor da vida de estudante. Neste dia, o centro de toda a Festa é, sem dúvida, o estudante Finalista e é por este e pela manutenção da Tradição Académica que o Conselho de Notáveis se esforça para proporcionar uma cerimónia inesquecível.
   Uma preparação cuidada deste dia é fulcral para o sucesso do mesmo. Assim, vem o Conselho de Notáveis, como entidade organizadora de todas as cerimónias desse dia, explicar e informar sobre alguns pontos importantes a ter em conta na preparação do Finalista para a sua Bênção das Pastas e Queima Das Fitas.

Cerimónias

  1. Cerimónia da Benção das Pastas: esta cerimónia marca o início da Solenidade da Queima das Fitas (em que, simbolicamente, será cortada a ligação umbilical do Estudante à Universidade e ao ardor da vida estudantil) e realiza-se num dos templos religiosos da urbe eborense;
  2. Cerimónia da Queima das Fitas: é por excelência a Solenidade Académica mais importante para o Estudante, agora finalista;
    Tal como todas as solenidades mais importantes da sua vida académica, também esta ocorre no lugar mais nobre da tradição eborense: O Claustro dos Gerais do Colégio do Espírito Santo – berço da Universidade. Ao queimar a fita, que simboliza a ligação à Universidade, o finalista atinge o cume do seu percurso na tradição académica.
  3. Cerimónia do Banho: nesta altura, após queimar a fita, os Estudantes presentes deverão retirar a capa ao finalista, num último e derradeiro esforço, limpá-lo de todas as impurezas que se possam ter acumulado. Ao mesmo tempo, o finalista transmite, através das águas do Claustro dos Gerais, o seu saber aos Bichos vindouros.

Fitas:

  1. Cada Finalista escolhe um padrinho ou madrinha para a Queima da Fitas, que lhe oferece uma fita Branca com 15 cm de largura. É a maior de todas as Fitas e é a única a ser queimada.
  2. Os pais oferecem uma fita Branca, com 12 cm de largura.
  3. Os alunos da Universidade de Évora oferecem uma fita da cor do seu curso, e os alunos que frequentam outros estabelecimentos de ensino oferecem também uma fita da cor do seu curso.
  4. Todas as outras pessoas não abrangidas anteriormente oferecem uma fita da cor do curso do Finalista.
  5. As fitas de cor Preta só são oferecidas aos finalistas pertencentes a Grupos de Índole Académica, estando estes grupos responsáveis por adquirir estas fitas e entregá-las aos seus membros. Estes são os únicos finalistas que poderão receber fitas de cor Preta.
  6. Na Pasta do Finalista são colocadas as fitas entregues a este e duas fitas com as cores da Universidade (uma de cor Castanha e uma de cor Branca), cada uma delas com 1m de comprimento e 1cm de largura.
  7. Após a Missa da Bênção das Pastas, as fitas são retiradas da pasta e colocadas em qualquer objecto (ficando este à escolha do Finalista) de modo a serem envergadas pelo Finalista na Queima das Fitas. As duas fitas com as cores da Universidade servirão de suporte às Fitas do Finalista.

Sem comentários: